SRC: entenda o que é e como funciona

CCS: saiba o que é e sua finalidade
2018-10-29
Saiba o que é protesto e como limpar seu nome no cartório
2018-11-07

SRC é a sigla para o Sistema de Informações de Crédito do Banco Central. É um meio de se consultar a situação para operações com crédito concedido por instituições financeiras e jurídicas de todo o país.

Esse Sistema de Crédito visa fornecer ao Banco Central todas as informações necessárias para conhecer o mercado de crédito, permitindo que as instituições façam análises de créditos, prevenindo e detectando crises bancárias e possíveis problemas com a carteira de crédito. O site do SRC pode ser acessado pelo link https://www.bcb.gov.br/pt-br/#!/n/SCR .

Como funciona o SRC?

Mensalmente, diversas instituições financeiras são responsáveis por repassar as informações obtidas em seus processos. Elas repassam o total das operações de seus clientes com responsabilidade total igual ou superior a mil reais (R$ 1.000,00), e também são armazenadas nos bancos do SRC as operações de clientes com responsabilidade igual ou superior a duzentos reais (R$ 200,00), a vencer e vencidas.

Tudo isso, é claro, respeitando a privacidade do cliente, garantindo o sigilo necessário, visto que as empresas só podem consultar esse sistema caso o cliente tenha autorizado.

Basicamente, é um banco de dados onde se concentram as informações sobre a concessão de crédito ao consumidor, seja ele pessoa física ou jurídica. O SCR pode ser benéfico ou não ao consumidor, dependendo de seu histórico com empréstimos, financiamentos, etc. Quanto mais crédito ele tiver, mais favoráveis as empresas tendem a ser com suas solicitações.

Qual é a sua importância?

Sociedade

Com a adoção do SRC, a sociedade em geral tem acesso a informações mais seguras e confiáveis que facilitam a tomada de decisões de crédito. Com isso, as instituições financeiras se veem obrigadas a oferecer produtos melhores e mais competitivos.

Ou seja, por ser uma forma de acompanhamento regular e sistemático dos riscos de crédito, o SRC atende muito bem às demandas da sociedade, pois ajuda a identificar os bons e maus pagadores.

Supervisão bancária

O SRC possui um importante papel garantindo a estabilidade do Sistema Financeiro Nacional, identificando e prevenindo possíveis crises. Isso acontece porque, com o Sistema de Créditos, é possível monitorar e fiscalizar mais precisamente os riscos e perdas das carteiras de créditos das instituições financeiras.

O reconhecimento desses riscos é notadamente importante, tendo em vista o extenso histórico de insolvência bancária devido ao não pagamento de créditos.

Instituições financeiras

O Sistema de Créditos beneficia as instituições financeiras na medida em que permite que elas tenham um conhecimento mais aprofundado e preciso sobre o perfil de seus clientes, permitindo uma melhor quantificação de riscos de endividamento. Também permite à instituição financeira observar a forma de utilização dos créditos, dentre outras coisas.

Quem tem acesso?

As instituições financeiras e algumas áreas do Banco Central autorizadas pelos clientes podem acessar o SRC, assim como pessoas físicas e jurídicas.

Internet

Para fazer consultas direto pela internet, as pessoas físicas ou jurídicas precisam ter um cadastro no Banco Central e um credenciamento no Sistema de Informações do Banco Central (Sisbacen). No site, você pode fazer o download das suas informações, mas tenha em mente que os dados podem demorar até 45 dias para serem atualizados.

O cadastro pode ser feito pelo site https://www.bcb.gov.br/pt-br/#!/p/REGISTRATO, e o processo de cadastramento é bem simples. Também é preciso validação pelo Internet Banking do banco onde você tiver sua conta.

Além disso, outra possibilidade é se cadastrar utilizando um certificado digital, por correspondência ou presencialmente em qualquer central de atendimento do Banco Central.

Mais informações sobre isso podem ser encontradas no site  www.bcb.gov.br/?ACESSCRED.

A consulta do SCR pode ser feita via Internet.

Correspondência

É possível solicitar um relatório do SRC por correspondência, desde que se atendem às seguintes condições: para pessoas físicas, é preciso enviar uma cópia autenticada do CPF e documento de identidade, assim como uma autorização com firma reconhecida para que o Banco Central tenha permissão de realizar a pesquisa e enviá-la pelo correio. Vale lembrar que o relatório será entregue apenas ao solicitante, mediante apresentação da identidade.

No caso de pessoa jurídica, é preciso enviar uma cópia autenticada do contrato social e da certidão da junta comercial. Deve haver também um documento que comprove a veracidade dessas cópias, indicando também que elas são atuais. A pessoa jurídica precisa providenciar uma autorização com firma reconhecida para que o Banco Central tenha permissão de realizar a pesquisa e enviá-la pelo correio, exatamente como a pessoa física, e se certificar de que tudo tem firma reconhecida.

O Banco Central também precisará de uma cópia autenticada do CPF e do documento de identidade do representante legal da empresa solicitante. O relatório também só será entregue ao próprio destinatário, mediante apresentação da identificação.

Telefone

Não existe consulta do SRC via telefone.

Presencialmente

A consulta presencial pode ser feita em qualquer central de atendimento do Banco Central, desde que o consultante esteja munido de seus documentos pessoais ou os documentos da empresa.

O Sistema de Créditos do Banco Central consegue um maior controle financeiro no país, permitindo uma previsão mais segura sobre possíveis crises.

Este artigo foi útil para tirar suas dúvidas sobre o Sistema de Créditos? Se sim, compartilhe com seus amigos! Não se esqueça de deixar seu comentário e de ler as outras matérias semelhantes aqui do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENTRAR