O que é ágio e deságio? Como é feito o cálculo?

O que é e como funciona um FIDC: entenda as etapas desse investimento
2018-06-04
O que é duplicata: mercantil e de serviço
2018-06-04

O que é ágio?

 

O ágio é um valor adicional cobrado em algumas operações financeiras como a venda de títulos, por exemplo. Ele também é conhecido como um lucro, uma vantagem comercial que uma empresa consegue obter em uma transação financeira.

Apesar de a maioria dos brasileiros não fazer ideia do que é ágio, esse método é bastante conhecido no mercado financeiro, sendo inclusive responsável por um dos maiores motivos do endividamento dos consumidores no país.

 

Exemplo prático

Para exemplificar, daremos dois exemplos simples. Confira:

Quando um consumidor compra um produto parcelado em uma loja, ele não paga apenas o valor da compra. Por exemplo, digamos que ele parcele a compra em seis vezes. Por trás dessa transação, são cobrados os juros, um valor adicional sobre a compra. Isso se caracteriza como um ágio. Esse exemplo mostra o quanto é comum a aplicação desse conceito.

Em outro exemplo, pegamos a disputa de empresários para compra de uma empresa estatal, ou seja, ligada ao governo através de licitação. Nesse caso, é comum que sejam oferecidas ao governo maiores quantias do que a determinada para a aquisição da empresa no leilão. Esse valor dado a mais se caracteriza como ágio.

 

O que é deságio?

 

Diferente do ágio, o deságio é o valor obtido na relação entre o valor real e o valor nominal de uma moeda em operações financeiras. Resumindo, é o oposto do conceito de ágio, tornando a rentabilidade de algumas compras mais altas. As transações com o uso desse método geralmente são feitas em melhores condições financeiras.

 

Exemplo prático

 

Bom, vamos utilizar alguns exemplos para explicar melhor esse conceito, veja abaixo:

O primeiro exemplo é ideal para que investidores entendam como o deságio se aplica no mercado financeiro. Ao comprar uma ação por R$ 100 na Bolsa de Valores, se depois de uns meses ela estiver custando R$ 90, há um deságio de R$ 10 na transação, ou seja, esta é a diferença entre o valor do patrimônio e o valor que será pago pela ação. No caso, a compra da ação nesse momento de queda é mais rentável para o investidor que for adquiri-la.

Conhecer os conceitos de ágio e deságio é indispensável para quem deseja investir seu dinheiro.

Um exemplo prático de deságio para consumidores comuns é o fechamento da fatura de um cartão de crédito. Geralmente, as administradoras de cartão costumam fechar as faturas cerca de sete dias antes da data de vencimento da fatura.

Nesse caso, em compras realizadas um dia antes ou no dia do fechamento da fatura, é possível que ocorra uma diferença na fatura, deixando compras realizadas antes do fechamento para a fatura do mês seguinte, o que caracteriza o deságio.

 

Como o ágio e o deságio afetam a conversão do dólar do cartão?

 

Se o consumidor parar para reparar, sempre que uma compra é feita em moeda estrangeira, na fatura do cartão de crédito aparece uma estimativa da cotação do dólar para a data de vencimento da fatura.

Nesse caso, ao pagar uma fatura, você pode perceber que terá um valor a mais ou a menos, o que caracteriza o ágio ou o deságio. Essa diferença pode ser boa ou ruim, dependendo dos riscos que envolvem o câmbio, podendo fazer com que o cliente acabe pagando mais por menos ou o inverso.

Você já conhecia o significado do termo “deságio”? Se achou este artigo útil, compartilhe com outras pessoas que tenham a mesma dúvida e deixe um comentário com a sua opinião, ou para tirar qualquer dúvida. Acompanhe nossos posts para saber mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENTRAR