Descubra como conseguir capital de giro para sua empresa

Como abrir uma factoring
2018-11-07
Antecipa Fácil no jornal DCI
2019-10-21

Capital de giro corresponde ao capital necessário para a manutenção de um negócio, de modo que ele é responsável por financiar compras para o estoque, pelo pagamento dos impostos e salários dos seus colaboradores, bem como demais despesas operacionais.

Nesse contexto, vale dizer que despesas operacionais são aquelas despesas essenciais para o funcionamento de uma empresa, dentre as quais citamos os gastos com energia, aluguel, telefone e internet, segurança, contabilidade, etc. Essas despesas devem ser analisadas frequentemente pelo proprietário, haja vista a necessidade de mantê-las em equilíbrio.

Destaca-se que garantir o capital de giro é fundamental, principalmente para aquelas empresas que estão se iniciando no mercado e que precisam estudar as suas despesas para não serem surpreendidas com a falta de capital e terminarem sendo obrigadas a fechar suas portas.

Acompanhe a leitura deste artigo e entenda um pouco mais sobre o capital de giro, sua importância para o empreendedor e as principais formas de obtê-lo.

Como conseguir capital de giro para sua empresa?

Agora que você já sabe o que é capital de giro e a sua importância para a manutenção de um negócio, vejamos quais são as formas de conseguir capital de giro para a sua empresa.

O planejamento é essencial, até mesmo no momento de conseguir capital de giro, pois somente assim os investidores, sejam eles empresários, sócios ou instituições bancárias, poderão compreender e visualizar o seu negócio assim como você, o que os auxiliará a acreditar na ideia e, como possível consequência, patrociná-la.

Muitas pessoas percebem o sucesso de um negócio quando ele ainda está no plano das ideias, de modo que terminam acreditando e investindo em empresas que estão dando seus primeiros passos.

Assim, buscar investimentos é uma forma de conseguir capital de giro e garantir que a sua empresa será capaz de arcar com as despesas essenciais para seu funcionamento.

Quando você encontra outra pessoa que compartilha de valores semelhantes aos seus e que também sonha em empreender, uma boa dica é iniciar uma sociedade. Enquanto um lado é responsável pelo planejamento e criação, o outro ingressa com o investimento financeiro necessário. Criar uma sociedade divide as obrigações e permite que cada um contribua da forma que pode.

O empreendedor também poderá obter capital de giro a partir de empréstimos bancários. Isso acontece em razão do estímulo ao desenvolvimento de negócios e circulação de dinheiro, sendo mais fácil a conquista do empréstimo quando há uma apresentação clara dos planos para o futuro negócio, desde sua política de atuação até estratégias de marketing.

Conta garantida é outra forma de conseguir capital de giro e, quando comparada com o cheque especial, destaca-se por apresentar taxas mais baixas. A conta garantida funciona como um limite de crédito que tem por garantia as contas a receber pelo empreendimento (como é o caso de cheques e duplicatas).

Como já dito acima, as despesas operacionais devem ser estudadas de modo a ser possível verificar a sua constância ou inconstância.

Para que não se esgote rapidamente o capital de giro da sua empresa, é muito importante que se verifique o equilíbrio quando comparadas as despesas entre os meses do ano. Assim, você evitará surpresas desagradáveis, manterá sua empresa organizada e sob o seu controle.

Uma medida de urgência para aqueles que estão endividados e correm risco de ir à falência é negociar o pagamento das dívidas de modo que seja concedido maior prazo para fazê-lo.

Destaca-se que você só deverá recorrer a esse recurso como última opção, pois também é bastante perigoso o acúmulo de dívidas e seus respectivos juros.

Como manter o capital de giro da empresa?

Organizar e controlar as despesas operacionais do seu empreendimento é uma forma não apenas de obter o capital de giro, como também de mantê-lo, pois assim sua utilização pode ocorrer com ponderação e cautela, sem gastos exorbitantes e inesperados.

Para manter o capital de giro da sua empresa, faz-se de extrema relevância a adoção de uma postura de constantes estudos e análises.

Dessa forma, será menos provável que o empreendedor tenha que recorrer a empréstimos bancários, que, embora o ajudem a curto prazo, acabaria contribuindo para o acúmulo de dívidas no futuro.

Como planejar o capital de giro da empresa?

Diretamente relacionado com a manutenção do capital de giro, o seu planejamento deve dar-se com base em um controle financeiro em que todas as movimentações que envolvem dinheiro são estudadas com cuidado e precisão.

O controle diário de caixa, por exemplo, é essencial para checagem da entrada e saída de dinheiro e, verificando-se que esses não estão convergindo, faz-se necessária a compreensão e solução do problema encontrado.

O controle de estoque se faz igualmente importante para que o empreendedor saiba quando deverá fazer as reposições do mesmo e, assim, programa-se com antecedência.

O controle bancário também deve fazer parte do planejamento do seu empreendimento, de modo que sempre sejam verificadas as transações realizadas na sua respectiva conta bancária.

O controle diário de venda, assim como os controles acima citados, são atualmente facilitados por sistemas online, que computam automaticamente a entrada e saída de produtos e proporcionam economia de tempo e trabalho para você e seus colaboradores.

Agora você já conhece as principais formas de conseguir capital de giro para a sua empresa. Além disso, vimos como cuidar da sua manutenção e planejamento.

Ficou com alguma dúvida? Não perca tempo e deixe aqui seu comentário! Nós responderemos o mais breve possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENTRAR